Quer Bons Motivos Pra Participar Do MeusAcessos Imediatamente Mesmo?


Blogueiras Plus Size Elegem As Marcas Preferidas E Dão Dicas De Moda


O website Segurança Digital apurou que no mínimo duas plataformas de lojas on-line desenvolveram a promessa de fazer compras sem senha pra compradores que agora possuem cadastro nas lojas. Nesta modalidade, como a única barreira para fazer um pedido é comunicar o endereço de e-mail, os detalhes do comprador ficam censurados (com asteriscos, vide imagem) para que outras pessoas não tenham acesso ao cadastro.


Porém, fração da censura podia ser burlada com a opção de pagamento por boleto, por causa de os detalhes do consumidor eram incluídos no documento de forma legível. Pela prática, era possível fechar um pedido e comprar endereço completo, o nome completo e o CPF de um consumidor só com o endereço de e-mail. Bastava fechar o pedido com a opção de boleto. As plataformas identificadas, CiaShop e Internet Storm, oferecem uma tecnologia pra que novas corporações possam com facilidade construir um blog de e-commerce.


Desta maneira, qualquer loja montada com uma dessas tecnologias possui o recurso. Ou melhor, o defeito existia em inúmeras lojas, não em um blog específico. A censura no boleto ao lado foi adicionada pelo site, em razão de o arquivo original era limpo e permitia a visualização dos dados particulares. O arquivo podia ser baixado por qualquer um que soubesse o e-mail do comprador. Um mês após serem comunicadas pelo site Segurança Digital, a CiaShop e a Web Storm modificaram o processo e não permitem mais o download do boleto. No caso da CiaShop, não é mais possível fechar pedidos com boleto sem publicar a senha. Nas lojas da Web Storm, o pedido é fechado, mas o boleto é enviado por e-mail, protegendo o detalhe. Apesar de terem modificado a funcionalidade, as empresas minimizaram o traço para os freguêses, levando em conta que um possível criminoso teria que saber a loja em que o comprador fez alguma compra.

  • Dez - Clique em Marcar um web site
  • Nostalgic girl (Escolhido na Unknown)
  • 2 Passo 2 - Construindo o site de graça
  • Checklist antes de lançar o teu website
  • cinco peças para utilizar no inverno
  • 5 - Crie um Infográfico

Omar Kaminski, advogado especialista em direito e web, observa que não há lei específica para a proteção de dados e que são aplicados o Marco Civil de Web, o Código de Defesa do Consumidor e o Código Civil. Pra Cléber Brandão, gerente do Blockbit Labs, braço de pesquisa da empresa de segurança Blockbit, o caso se enquadra como um vazamento de dados. Janela em website descrevendo que compra pode ser finalizada com o e-mail, dispensando outras maneiras de autenticação. Pra CiaShop, o caso é "muito específico" e "pouco viável de acontecer". Eduardo Aguiar, diretor comercial da Internet Storm, teve o mesmo conhecimento.


Essa é uma estratégia que vai gerar tráfego orgânico e resultados de modo gradativa, aliado a utilização de técnicas de Seo e a geração de tema de característica. Neste instante, você precisa estar pensando: “Vera, domínio e hospedagem são pagos e eu não tenho dinheiro”! 30,00. Você consegue fazer este investimento ao vender algo pela OLX ou no Mercado Livre, como por exemplo. Existem inclusive empresas que executam a hospedagem e não cobram o domínio! Neste instante a hospedagem é um pouco mais cara, contudo nada de outro universo.


Basta você se planejar que consegue ter um domínio respectivo e um espaço para elaborar o teu negócio. A hospedagem você contrata pela mesma organização onde compra o domínio e, dependendo da corporação, eles dão todo o suporte. As empresas de hospedagem trabalham com planos mensais, trimestrais, semestrais e anual.


Se não der para contratar o pacote anual, que sai mais em conta, você pode dirigir-se pagando mensalmente ou por trimestre, tais como, que sai baratinho. Contratei o meu domínio e hospedagem pela E-consulters. Não é a mais barata que vai encontrar, contudo o valor é digno e bem acessível.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *